A hora de lavar as roupinhas do bebê

A hora de lavar as roupinhas do bebê

Fazer o enxoval do bebê é umas das coisas mais gostosas da longa espera da gestação, escolher cada roupinha, lençóis, toalhas e imaginar o bebê ali, usando aquelas coisas, pertencendo ao ninho que estamos preparando pra ele é uma delícia!

Um dos cuidados que precisamos ter com o enxoval é justamente lavar as roupas do bebê, sejam elas novinhas da loja ou herança de família, a roupinha do recém nascido precisa ser lavada antes de ser usada por ele e esta lavagem, é especial.

A pele do recém nascido é super sensível e suscetível a alergias e reações químicas das menores partículas de produtos e bactérias que possam estar presentes no tecido ou nos produtos de limpeza que você for utilizar e por isso, é preciso uma série de cuidados na hora de lavar e preparar a roupinha do bebê.

Para facilitar, vamos ao passo a passo:

1 – Quando lavar as roupinhas?

Isto depende muito da sua disponibilidade mas, o ideal é que você esteja com tudo pronto até o sétimo mês de gestação, porque nunca se sabe quando podem acontecer imprevistos! Com esta data em mente, você pode definir se prefere ir lavando a medida que compra/ganha ou, se prefere acumular tudo e lavar de uma vez.

2 – Do que eu vou precisar?

As roupas do bebê precisam ser lavadas separadas das roupas do restante da família, isto porque a presença de qualquer resquício de sabão ou amaciante comum, ou mesmo a transferência da água “suja” das outras roupas pode causar algum tipo de reação no recém nascido.

Para garantir a segurança na lavagem e posterior uso da roupinha pelo bebê, você vai precisar de baldes novos e exclusivos para a roupa do bebê. Os baldes antigos da casa podem conter restos de produtos como cloro, alvejantes e sabão que podem se misturar na água da lavagem da roupa do bebê e por isso, você precisa de um balde novinho!

Na hora de escolher o sabão para lavar as roupinhas, você deve estar atenta ao tipo de sabão. Ele precisa ser neutro, para minimizar qualquer risco de reação e de preferência, ser testado dermatologicamente e ser hipoalergênico.

A maioria das marcas de lava roupas do mercado possuem uma versão “baby” além disso, é muito comum que as pessoas mais velhas (ou até mesmo o pediatra) indique o uso do sabão de coco.

3 – E na hora de secar? Algum cuidado especial?

Você não precisa se preocupar em secar apenas em secadora ou apenas em área coberta, a secagem pode ser feita como você sempre fez, no varal (ou máquina) que costuma usar. Tome apenas os cuidados comuns para os tipos de tecido como, alta exposição ao sol (que pode manchar e “endurecer” os tecidos) ou tipos de tecidos que não suportam secagem à máquina. Cheque as etiquetas!

4 – Depois de lavadas, acabaram os cuidados?

Não! Antes de guardar, você vai precisar remover todas as etiquetas das roupinhas para evitar que o atrito incomode a pele do bebê. Lembre-se: se ele tiver uma etiqueta incomodando ele não saberá te “falar” o que está acontecendo e vai chorar, chorar e chorar até você descobrir o que está acontecendo.

Depois de remover as etiquetas, você deve passar as roupinhas todas pelo avesso. Isso servirá para matar qualquer tipo de bactéria que ainda esteja por aí no tecido e nesta etapa, não use nenhum tipo de “passa fácil”, apenas o vapor do ferro.

E pronto!

(Fonte: Bagagem de Mãe)

Leave a Reply