Como lidar com os pesadelos das crianças

Como lidar com os pesadelos das crianças

Você já se pegou sem saber como agir quando, de madrugada, o seu filho teve um pesadelo? Mas, você sabe o que pode estar causando isso nos seus pequenos?

Os pesadelos são sonhos com conteúdo emocional envolvido, então, geralmente, são consequência de algum trauma, grande ou pequeno, pelo qual o seu filho passou. Os motivos variam: se a criança ficou assustada por causa de um desenho ou filme que não é adequado para a idade dela, por exemplo, ela pode ter um pesadelo, mas o medo não é o principal desencadeador desse tipo de sonho. A ansiedade e o nervosismo por algo que está prestes a acontecer e até um dia muito agitado, em que o pequeno não tirou a sonequinha da tarde e foi para a cama, à noite, muito cansado, pode ser uma razão para isso.

Pesadelos são normais? Alguns dados da Associação Brasileira do Sono confirmam que os pesadelos são mais comuns em crianças e que 20% a 30% dos pequenos entre 5 e 12 anos têm um pesadelo a cada seis meses. Por isso, se os pesadelos do seu filho ficam dentro dessa frenquência, não há motivo para preocupação. Mas se tornarem frequentes, fique atento ao dia a dia do seu filho.

Prepare o ambiente! Se o seu filho tem tendência a se impressionar com as coisas e ter pesadelos, você pode se organizar e criar um ambiente que propicie uma noite de sono melhor nos momentos que antecedem a hora de dormir. As luzes dos aparelhos eletrônicos afetam na qualidade de sono de adultos e crianças, então, procure desligar a TV, o celular e o tablet mais ou menos uma hora antes da criança cair na cama. Fique atento aos jogos e desenhos que a criança vai assistir antes de dormir, diminua a intensidade das luzes e verifique se o travesseiro e o colchão que os pequenos usam oferecem o conforto necessário para um sono tranquilo.

E na hora do pesadelo? De madrugada, quando o pequeno acorda nessa situação, a melhor coisa a fazer é acalmá-lo com um abraço e fazer companhia até que ele pegue no sono novamente. Se seu filho tem menos de 4 anos, explique que foi apenas um sonho que aconteceu dentro da cabecinha dele e mostre que ele está seguro em casa. Pode-se colocar um ursinho de pelúcia na cama que vai “proteger” seu baixinho de todos os perigos. Não é bom pedir detalhes dos pesadelos durante a madrugada porque isso pode despertar a criança ainda mais e levar embora o restinho de sono que ainda existe. Se ele quiser conversar sobre o que aconteceu, espere pelo dia seguinte – talvez, seu filho nem se lembre mais.

Leave a Reply