Controle o consumo de chocolate!

Controle o consumo de chocolate!

Em tempos de Páscoa e chocolate em profusão, a grande preocupação que paira entre pais e mães é saber qual é o limite do consumo do doce. É preciso evitar abusos, principalmente entre as crianças. Hoje, algumas dicas de como cuidar para que as crianças não abusem do chocolate na Páscoa sem deixar de aproveitar a época.

1.  Não descuidar da alimentação

É importante que nessa época os pais não descuidem da alimentação das crianças. Legumes e verduras têm de continuar presentes durante as refeições, além de se respeitar os horários em que a criança geralmente come. Frutas também são importantes. Uma boa dica, caso seu filho tenha bloqueio com alguma fruta, é oferecê-la juntamente com o chocolate.

2. Chocolate como sobremesa

Outra dica importante é fazer do chocolate uma sobremesa, e não um lanche. Após uma refeição saudável, com verduras, carne e arroz com feijão, por exemplo, oferecer um pedaço pequeno. Com a criança bem alimentada, sobra menos espaço para a sobremesa, e o chocolate será em quantidade menor. Vale ressaltar que o consumo excessivo pode resultar em dores abdominais, enjoos, náuseas, vômitos e diarreia.

3. Fracionar

Além de ser oferecido como sobremesa, é importante fracionar o consumo do chocolate. Uma porção de 30 a 50 gramas por dia pode até ser benéfica para os pequenos, ou seja, nada de exageros. Geralmente a criança quer abrir os ovos de uma vez para ver o que ganhou. Caso ela ganhe muitos ovos, eles devem ser abertos um de cada vez, para que, novamente, o chocolate seja dado em pequenas quantidades. Nesse caso, separe por porções, e não deixe o ovo à disposição da criança.

4. Chocolate amargo

Apesar de não ser o preferido das crianças, o chocolate amargo é o melhor para a saúde delas. Os benefícios do consumo do chocolate estão relacionados aos compostos fenólicos presentes no cacau que são antioxidantes. Quanto mais amargo, mais polifenóis no chocolate. Ainda não há muitas pesquisas sobre o efeito em crianças do consumo moderado do chocolate amargo, mas sabe-se que em adultos esses compostos antioxidantes são ótimo para combater problemas cardiovasculares. Ou seja, prefira para seu filho, o chocolate amargo. Depois dele o mais indicado é o meio-amargo. A opção preferida dos pequenos geralmente é a ao leite, no entanto, ela possui menos cacau e muito açúcar. O chocolate branco não contém cacau e, portanto,não é recomendado. Os pais também devem tomar cuidado com os chocolates recheados.

5. Apreciar o chocolate

Importante também é estimular a criança a comer devagar, e não devorar compulsivamente o doce. Ensiná-la a saborear o chocolate, sentir o cheiro, comer deixando-o derreter na boca. É importante que a criança coma o chocolate sem distrações, dessa maneira ela tem uma experiência mas prazerosa e se satisfaz com uma menor quantidade.

Leave a Reply