Cuidados com o umbigo do recém nascido

Cuidados com o umbigo do recém nascido

Durante a gestação, mãe e feto são ligados pelo cordão umbilical que, saindo da placenta, transmite ao bebê o sangue rico em nutrientes e oxigênio. Ao nascer, o bebê se encontra apto a retirar do ambiente o alimento e os gases de que necessita para sua sobrevivência e esse cordão umbilical já pode ser cortado. Geralmente o médico o corta cerca de dois centímetros acima de sua imersão no corpo do bebê, restando uma pequena parte dele presa ao corpo, a qual se degenerará e se desprenderá dentro de 7-15 dias (em alguns casos, essa queda pode demorar até 25 dias). Essa pequena parte do cordão umbilical, ainda presa ao corpo do bebê, se denomina coto umbilical.

Como cuidar do coto umbilical?

É comum que pais de primeira viagem tenham receio de machucar o bebê ao cuidar do coto umbilical. Mas eles podem ficar tranquilos, já que o coto umbilical do nenê não tem terminações nervosas, portanto não dói durante sua limpeza. Se o bebê chorar durante os cuidados, isso se deve ao incômodo da situação, não à dor.

A região deve permanecer seca e limpa, porque isso apressa a cicatrização e evita infecção. Os principais cuidados com o coto umbilical são de higiene. Ele pode ser lavado com água filtrada e sabão neutro, seguindo-se uma boa secagem. A higienização do coto umbilical deve ser feita pelo menos duas vezes ao dia, utilizando-se álcool a 70%. Se houver excessiva secreção ou sangramento, o curativo deve ser feito sempre que a fralda for trocada.

Sempre que for feita a troca de fraldas do bebê e notar-se que o curativo do coto umbilical está úmido, este deverá ser trocado para manter a região sempre seca. As mãos deverão estar bem lavadas para não contaminar o coto. No momento da limpeza, o coto umbilical deve ser suavemente elevado com uma gaze e sua base, onde o coto se insere na barriga, deve ser bem limpa e seca. Com o passar dos dias, o coto torna-se mais endurecido, seco e escuro e, por fim, cai (se desprende da barriga do bebê).

Não se deve usar faixas ou qualquer outra peça que impeça o arejamento da região. A mesma higienização deve continuar sendo feita por pelo menos dez dias depois de cair o coto umbilical, já que o tecido ainda está em fase de cicatrização. Um pequeno sangramento às vezes é normal. Se houver sinais de infecção (vermelhidão, secreção, sangramento etc), o pediatra deve ser imediatamente contatado.

Dicas para bem cuidar do coto umbilical do bebê:

  • Lavar bem as mãos antes de fazer a higiene do coto umbilical.
  • Para a limpeza, use um cotonete umedecido em álcool a 70% e lembre-se de que é a base do umbigo, junto ao corpo, que deve ser mantida limpa. Por isso, a limpeza deve começar por ela.
  • Para proteger o coto, após a limpeza, enrole uma gaze ao seu redor.
  • Sempre posicione a fralda abaixo do umbigo a fim de evitar a contaminação do coto por urina e fezes.
  • Nunca puxe o coto umbilical. Deixe que ele se desprenda sozinho.
  • Desde o início, o bebê pode tomar seus banhos diários sem nenhuma proteção especial do coto umbilical. Caso o coto seja molhado durante a higiene, seque-o suavemente com um pano ou toalha limpos.
  • Se seu bebê for um menino, aponte o pênis dele para baixo, de modo que a urina não seja vertida na direção do coto umbilical.

(Imagem GettyImages)

Leave a Reply