Dicas de boas maneiras com grávidas

Dicas de boas maneiras com grávidas

Depois que a gente passa por nove meses de gestação é que começa a perceber quão delicado é esse período. É um momento que acabamos ficando mais sensíveis e adoramos receber uma atenção especial ou que, simplesmente, queremos ver nossos direitos respeitados.
Assim, esse post de hoje não é para a gestante, mas para aqueles que a rodeiam. Mas se você quiser se beneficiar dele, também pode fazer a sua parte. Aproveite um daqueles dias que seus hormônios entraram em ebulição e que você está particularmente sincera e imprima essas dicas, cole-as na porta da geladeira ou distribua-as para os mais próximos. Pode ser que olhem para você com aquela cara de “agora ela pirou de vez”, mas também pode ser que muitos engraçadinhos aprendam como se portar melhor. Boa sorte na empreitada!
 
1. Nunca pergunte quanto peso a gestante já ganhou, a não ser que você esteja absolutamente certo de que ela está com uma forma ótima (e que ela dê a entender que também pensa dessa forma).
 
2. Não fique fazendo comentários do tipo “você não está comendo o suficiente” ou “você não acha que  está exagerando?”. Se você não tem nada melhor a fazer do que reparar no prato da pobre da grávida, vá ler uma revista (e vamos ser sinceros, se a gente montar exatamente o mesmo prato vai ouvir os dois comentários).
 
3. Faça mais elogios e dê menos opiniões. Durante a gestação, a mulher passa por muitos períodos de dúvidas e incertezas e quanto mais as pessoas quiserem dar pitaco, mais ela poderá se sentir insegura em suas decisões. Assim, se alguém lhe contar que escolheu pela maternidade X ou Y, que decidiu parto normal ou cesárea, que vai usar ou não protetor de berço, simplesmente apoie a sua decisão e não comece um discurso. A não ser, claro, que você esteja absolutamente certa de que a futura mamãe está fazendo algo muito errado. Nessa hora, apoio é muito melhor que conselho.
 
4. Respeite, absolutamente sempre, as filas preferenciais e seja educado. Ao abrir uma porta de elevador, por exemplo, dê prioridade para a gestante, principalmente se não houver lugar para todos.
 
5. Quando estiver em um local que não há fila preferencial, ceda seu lugar caso perceba que há uma gestante já bem barrigudinha aguardando para ser atendida. Muitas grávidas não se sentem à vontade para passar na frente dos outros se não tiver uma fila preferencial identificada (e, com certeza, vão sentir que ganharam o dia se alguém de bom senso fizer isso).
 
6. Ofereça-se para ajudar: abrir uma porta, carregar uma sacola, qualquer coisa. É algo super simples, que não dá trabalho nenhum mas que faz toda a diferença em alguns casos.
 
7. Sê você for receber uma grávida em casa, lembre-se de ter opções de bebidas que não sejam light/diet e nem refrigerantes. Não precisa ser um suco natural maravilhoso, que isso é luxo, mas um suco simples, normal, ou uma água de cocô já estão de ótimo tamanho (para quem não sabe, gestantes não podem consumir bebidas diet/light e para outras tantas as bebidas gasosas também não são indicadas).

Leave a Reply