Enxaqueca na gestação

Enxaqueca na gestação

Muitas mulheres podem sofrer de enxaqueca pela primeira vez na gravidez, em especial no primeiro trimestre, por causa das alterações hormonais. Por outro lado, com o passar dos meses de gestação, as crises de dor podem melhorar ou até desaparecer. E novamente a ação é dos hormônios.

Não se trata de uma doença grave, mas se a mulher tiver antecedentes de enxaqueca e engravidou, pode ser que em algum momento da gravidez comece a sentir essas incômodas dores, inclusive com mais força e intensidade do que antes.

A enxaqueca produz uma dor intensa e pungente que vai de moderada a forte, em um lado da cabeça. Às vezes, a enxaqueca é tão forte que pode provocar náuseas, vômitos e muita irritação em quem a sente. A boa notícia é que a enxaqueca não coloca em risco a vida da gestante nem a do seu bebê.

Em caso de crise de enxaqueca, tome algumas medidas para aliviá-la:

  • Tenha a medicação receitada pelo médico sempre à mão;
  • Feche as janelas e a porta do seu quarto para que fique bem escura e deite-se na cama, sem ruídos nem cheiros fortes. Permaneça nessa posição durante uns 10 minutos ou até que note menos peso na sua cabeça.
  • Coloque gelo sobre as áreas dolorosas ou um pano frio na testa. Isso também alivia a dor de cabeça.
  • Coloque duas rodelas de batata nos olhos. Essa técnica caseira muitas vezes apresenta bons resultados.
  • Beba muita água e coma moderadamente;
  • Principalmente, descanse.

Em geral, a enxaqueca pode atenuar em algumas horas. Se a dor se intensificar, procure ajuda médica.

Leave a Reply