Gestação – mudanças nos seios

Gestação – mudanças nos seios

Entre as principais mudanças no corpo da mulher durante a gravidez, o seio é junto com a barriga as partes que passam pelas alterações mais visíveis e também mais esperadas. A gravidez além de preparar o bebê para nascer, está preparando a mãe para a amamentar, por isso você vai gostar de saber por que e quando cada mudança acontece.

Por que os seios mudam durante a gravidez?

Como a maioria das mudanças no corpo da futura mãe, a alteração hormonal é a principal causa. Os hormônios fazem com que o fluxo sanguíneo da gestante aumente. Ao longo da gestação você irá notar o aumento do tamanho do peito e também poderá sentir dores ocasionais.

Mais especificamente, a progesterona e os estrogênios são os responsáveis pela maioria das mudanças no seio. Estes hormônios são segregados pelo corpo lúteo dos ovários até que a placenta esteja pronta para se encarregar da produção que irá desenvolver as glândulas mamárias, preparando a futura mãe para amamentar.

Principais mudanças nos seios durante a gestação

Desde o começo da gravidez, os seios são uma das áreas que concentra os sintomas físicos mais evidentes. Muitas vezes, são estas mudanças os primeiros sinais que fazem com que a mulher desconfie que está grávida. Apesar de que os sintomas no início da gestação também podem ser facilmente confundidos com os sintomas pré-menstruais.

Nas primeiras semanas de gravidez é normal notar um aumento das mamas que pode exigir a troca de sutiãs para modelos até 2 números maiores. A razão do aumento do volume é a estimulação das glândulas mamárias que irão produzir o leite materno, que estão começando a se preparar para sua futura função.

Durante o segundo trimestre de gestação o crescimento continua, porém de forma mais lenta e se estabilizando. Os incômodos e sensação de pele esticada irão diminuir e até desaparecerem. Por outro lado, a pressão sanguínea aumenta, razão pela qual você começará a notar umas veias azuladas nos seios, o que é perfeitamente normal durante a gravidez.

Ao chegar no último trimestre da gestação o corpo continua mudando e os seios continuam crescendo lentamente. Nesta fase é possível que apareça o colostro.

Dores no seio

Como dito, no começo da gravidez você pode notar certo incômodo e sensibilidade nos seios. Estes sintomas são iguais aos que você possivelmente possa ter sentido alguma vez antes de menstruar.

Na medida em que os seios aumentam de tamanho, outro sintoma típico é a sensação de pele esticada, que você pode sentir ao mesmo tempo que a sensibilidade fica ainda mais latente.

Durante o último trimestre ainda é provável que você continue sentindo a sensibilidade, que pode ser mais forte se os peitos aumentaram muito de tamanho.

Estrias nos seios

Uma consequência bastante temida pelas mulheres é o surgimento de estrias, que podem aparecer nos seios e também em outras partes do corpo em qualquer momento da gravidez, mas são mais comuns durante o último trimestre.

As estrias costumam surgir devido à mudança brusca de tamanho que a pele precisa suportar, justamente como acontece com a barriga e com os seios. Para prevenir estrias a hidratação é fundamental, ela ajudará a dar elasticidade à pele durante estas mudanças.

Leave a Reply